sábado, 18 de fevereiro de 2012

15 de Fevereiro de 2012

Sinceramente, nunca esperei que ele dissesse que regressaria por mim, que se preocupava tanto comigo ao ponto de vir até à minha escola para falar comigo, mas não perdi a esperança por um segundo sequer.
Nesse dia, levantei-me cedo da cama, fui pentear-me e arranjar-me, vesti uma das minhas roupas favoritas, meti o meu bâton favorito, vermelho, esperei que a minha irmã se despachasse para sairmos de casa. Não queria acreditar que ele pudesse regressar novamente, por mim, isso era perfeito! Quando cheguei à escola guardei esta felicidade toda só para mim, as minhas amigas não gostavam que falasse dele, na cabeça delas eu tinha que o esquecer, e provavelmente estavam certas. Na primeira aula, tive matemática, estava à espera de uma das longas aulas em que o meu professor nos deixava a fazer exercícios e entrava no mundo da Internet, mas por mais estranho que pareça, passámos a aula a jogar um jogo, eu estava completamente noutro mundo, e claro, perdi o jogo. Ia ter teste ao último tempo, por isso fiquei a estudar o resto da aula. De seguida tive a aula de educação física, a única que o conseguiu afastar dos meus pensamentos. E o último tempo foi preenchido por um teste. Assim que ouvi o toque para a saída, fui com a minha amiga, a B, para o terminal que ficava junto à minha escola, ela não me deixava sequer falar nele, na verdade, ela também tinha saído de uma bela história de amor recentemente, e eu não lhe quis sequer estar a chatear. O meu coração batia mais do que nunca, na verdade, ele ia chegar no preciso autocarro em que eu e a B entrávamos, aproveitei para retocar o bâton enquanto ele não chegava, o meu autocarro era sempre o último a chegar. Assim que ouvi o autocarro a chegar, agarrei com força a mão da B, mas por grande surpresa a minha, ele não apareceu. Eu sei que todos me avisaram que ele poderia não aparecer, que seria o mais provável até, mas dentro de mim conseguia guardar a esperança de que o iria voltar a ver. Estarei a dar em louca por ainda acreditar que alguma vez poderia ter um final feliz com ele?

20 comentários:

  1. Acho que acabei, por breves segundos, viver um dos meus episódios passados.
    De certo, também já tive a minha paixão perdida. Bem, a louca paixão de desgosto. Quem é que ainda não a teve? Penso que todos têm. Ambos os dois lados dos sexos.
    Pelo que posso notar nos teus últimos e quantos textos, tens passado o que já me foi conhecido, mas nada parecido ou até igual. Bater na mesma parede varias vezes… voltar a bater com a esperança que dessa vez, não vai doer. Pois é… e quando estamos com a cabeça pronta para mais umas batidas, vemos o quanto dói e o quanto dói mais.
    S,porquê? Porquê agradar uma pessoa? A pessoa devia de gostar de nós como somos, certo? Como estamos no dia-a-dia, como somos diariamente, como somos ao natural. Acho que qualquer pessoa gosta disso. Até nós próprios… bem, digo eu.
    S, porquê bater ainda na mesma parede? Quando essa já te mostrou que sempre que a procurares, vai doer e cada vez, vai doer ainda mais. Quando já te mostrou que, cada vez que voltares à mesma parede, com o mesmo objetivo, que essa vai-te mostrar como dói e como sairás magoada. Porquê?
    Reconheço que, “ um amor do passado quando é queimado é sempre relembrado”, seja verdade, quando fui a própria a criar cada palavra numa só frase. Reconheço que essa criei, ainda quando estava assim… a viver um ruivo dentro de mim. Que de certo, passou 4 anos e ainda hoje me lembro de si. Ainda me lembro do seu ruivo e de toda a sua história, da minha, da nossa, que essa nem existiu.
    Já pensaste que se calhar nada acontece, nada realiza-se, porque esse não será o teu caminho certo a pisar? Que não será o “ideal”? se calhar é apenas uma experiencia para acordares?
    Porque sofrer? Porque sofrer quando nesse sofrimento passa imensas oportunidades e experiencias loucuras para aprender, fazer, descobrir e viver?
    Um beijo enorme e força para esse esquecimento de quem te faz sofrer!

    14 anos, certo? Uma vida inteira para viveres e não sofreres! ;)

    ResponderEliminar
  2. não estavas a dar em louca de certeza,estava a dar esperanças dentro de ti,porque quando se ama é mesmo assim,a esperança é a última a morrer x)

    ResponderEliminar
  3. oh querida que momento de desilusão :/ baby, se ele não apareceu é porque se calhar não te dá importância que devia dar :|

    ResponderEliminar
  4. Costuma-se dizer que a esperança é sempre a ultima a morrer, e quando toca ao amor fica sempre um niquinho, mesmo que no fundo saibamos que nunca mais volte a acontecer.

    Segue em frente, há rapazes que não merecem as tuas palavras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo por completo contigo, e no meu caso a esperança foi realmente a última a morrer, aliás, por mais parvo que seja ainda existe. Irei seguir em frente, certamente, e obrigada pelas tuas palavras!:)
      (desculpa mas não consegui comentar no teu blog)

      Eliminar
  5. Já pensaste em esquecer ? em virar a paginaa ?
    sabes , adoro uma frase q é a seguinte " It will make so jealous to see that you are happy without him " yeah ele ficará ..
    E esperanças meu bem sempre haverão mas cabe a ti pores sempre um pé atrás ou seja deves sempre pensar em outra possibilidade acredito que sofrerás menos .
    Mas em todo casooo FOrçaaaaaaaa ..
    Beijinhuuus

    ResponderEliminar
  6. Oh, de nada doce :) pois, então se calhar o melhor caminho a seguir é mesmo esquece-lo :)

    ResponderEliminar
  7. então boa sorte! força querida :)

    ResponderEliminar
  8. Salut S!

    É bom, sem dúvida, ter alguém ou palavras de alguém que já pisou o mesmo episodio que o nosso. Compreendo esse ver, completamente. Quando os outros passam pelo mesmo, é sempre mais facil conseguir ajudar. Ou por vezes, também não, quando o exemplo não é o melhor. Mas por vezes, os piores exemplos, são os melhores.
    Que o tempo ocupe essa mente ainda tão pré-adolescente e com tanta vida ainda para ser vivida e abusar! Que ocupe esse coração com paixão pelos que têm o mesmo pelo teu e que te fazem alguém saudavel e não que te faça ocupar a gostar de quem te quer tentar abusar ou até matar. A inteligencia feminina é sempre boa nestas situações e nestes casos! Não acredito, de todo, que não tenhas a tua!

    Para onde fores, com quem fores, ter com quem que seja, fazer o que for, leva sempre sempre sempre em primeiro lugar e acima de tudo e de todos, A TUA CABEÇA! Mas também, não te esqueças do coração, óbivo. Mas não deixes esse falar sempre e constantemente. Demostra-lhe que tem uma amiga,(a tua cabeça), que também gosta de falar, de ajudar e de dar a sua opinião!

    Pior dos piores sofrimentos, é ainda, quando o nosso coração apaixona-se por outro, que esse pretencia a uma das nossas amizades.

    UM BEIJO ENORME.

    ResponderEliminar
  9. Gostei imenso!
    É normal que tenhas acreditado, a esperança mora sempre dentro de nós, apesar de a desilusão ser muito maior. Tens que ter força!

    http://love--a.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. FORÇA QUERIDA *
    estou a seguir-te. (:

    ResponderEliminar
  11. Olá, iniciei agora quer o meu blog quer a realização das peças, vai-se tratar de peças artesanais!
    Visita, obrigada **

    ResponderEliminar
  12. Gosteii do teu blog, sigo-te (:

    Se quiseres passa pelo meu ...

    ResponderEliminar
  13. Olá entrei para conhecer e gostei,já estou te seguindo adorei beijos.

    ResponderEliminar

LIBERTA-TE! :)