segunda-feira, 3 de outubro de 2011



Hoje completas o teu 17º aniversário, se não me engano, tenho pena de não te ter dado os parabéns, e de esta ser a única forma de o fazer, nem imaginas o quanto eu gostava de estar ao pé de ti, neste momento, aliás, sempre. Mas como sei que esse sempre nunca irá existir, desejo que sejas muito feliz, que estranho, senti-me completamente parva ao dizer isto, depois da nossa última conversa, se é assim que lhe posso chamar, não deveria desejar tal coisa, mas o que posso eu fazer? Apaixonei-me por ti, na minha cabeça até parece ser fácil cada vez que digo isto, mas sei que é bastante complicado, hoje não me encontro de veras com inspiração nenhuma, passei o dia a pensar em ti, se te daria os parabéns ou não, do mesmo modo que esta foi a única forma que encontrei, mas bem, aqui está o único bocado de inspiração que ainda tinha dentro de mim.
Um beijo grande, Sara.

4 comentários:

LIBERTA-TE! :)