quinta-feira, 9 de junho de 2011

Será que ainda te lembras de quando era assim? Será que também te lamentas tantas vezes quanto eu? Eis a questão.

1 comentário:

LIBERTA-TE! :)