sábado, 18 de junho de 2011

Dear love (3)


Para visualizares a primeira parte clica aqui, para visualizares a segunda parte clica aqui.
No dia seguinte, ela, levantou-se com o seu cabelo despenteado e a camisa de dormir, vestiu-se, lavou os dentes e penteou-se, passou pela cozinha e tirou uma mação de seguida abriu a porta de casa e saiu, não tinha rumo certo, apenas precisava de sair, trazia a mão na cabeça devido às imensas dores que tinha na cabeça, foi até ao bosque, fechou os olhos e gritou, precisava de libertar tudo aquilo que sentia.
Ele, acordou cedo, não conseguia dormir, saiu de casa, e foi para a praia correr, o seu rosto estava triste, e os seus lábios estavam pálidos, frios como o gelo, e o seu corpo brilhava sobre o reflexo do sol, normalmente iria ter com os seus amigos para mais um dos seus jogos de basquetebol, mas hoje, não estava com vontade, estranho, simplesmente precisava de estar sozinho, meteu os seus dois fones nos ouvidos, e começou a correr.
As aulas começavam no dia seguinte, e isso era de certo uma coisa das quais não lhes saía da cabeça...

14 comentários:

LIBERTA-TE! :)