domingo, 17 de abril de 2011

Tenho as malas à porta, a pulseira da sorte no pulso, o meu coração a palpitar cada vez mais depressa, uma fotografia tua juntamente com o meu telemóvel na mão, e na outra um papel e uma caneta, sinto-me nervosa, sem saber a que horas vou ou quando vou, mas sei que desta noite não vai passar, não consigo esconder o nervosismo e sei que tenho uma longa viagem para a frente, sei que não é a primeira vez que lá vou, sei que todos os anos, eu vou lá, sei que é lá que eu passo grande parte dos meus fins-de-semana, eu sei, mas também sei, que agora é a primeira viagem que eu vou fazer sabendo que depois de tanto tempo te tenho, fico triste ao saber que estás longe e que ainda à pouco tempo lá estives-te, sei que é hoje que voltas, mas também sei que agora que eu parto, tu chegas, e isso é uma das coisa que muita pena me dá, provavelmente sei que vais ler isto, mas sabes que eu já te disse isto tudo meu amor, mal posso esperar por voltar somente para te ver, mas também vou aproveitar estes dias ao máximo, como tu certamente o fizes-te, não penses que não fico feliz por isso porque fico realmente feliz, ao saber que te divertiste, tal como eu certamente o vou fazer, mas não sei sinto qualquer coisa dentro de mim que não me deixa partir, que me diz, para agora mesmo te ir esperar ter contigo e te abraçar, porque tu sabes que eu sei que é isso que eu quero... Mas provavelmente quando no teu relógio soarem 20horas, tu vais estar a regressar, e quando no meu soarem por perto das 20horas e poucos minutos, eu vou estar a partir, e fico triste ao saber que por muito pouco nos vamos desencontrar, mas pronto sabes que estamos quase quase a voltar a  vernos, que os nossos olhares se estão quase a cruzar e ai eu vou sorrir para ti meu amor, vais me contar como correu a tua viagem, e eu como correu a minha, que já faltou mais para acontecer, meu amor, estou a adorar estar a escrever-te parecendo que não os nervos desta longa viagem estão a passar, mas acho que vou voltar a ver se tenho tudo em ordem e quando voltar conto-te tudo,  beijinhos para o meu amor e para todos os meus leitores, eu volto quando as aulas regressarem até lá desejo um resto de umas óptimas férias para todos..

6 comentários:

LIBERTA-TE! :)