quarta-feira, 30 de março de 2011

Se um dia falares a alguém de mim, não te esqueças de dizer que lutei por ti, e que perdi grande parte dos meus dias, atrás do que agora é impossível..


P.s: Ainda gosto de ti, mas acho que simplesmente desisti, porque hoje pela primeira vez já à muito tempo, eu dou-me por
vencida, mas por um lado por satisfeita, porque te disse tudo o que te tinha para dizer, já tu..

sábado, 26 de março de 2011

UM DIA EU VOU..



Dizer que te amo, e que quero ficar contigo para sempre (mas desta vez, sem medo!)
P.s:  E quando esse dia chegar não me falhes!


quinta-feira, 24 de março de 2011

Não me esqueço das palavras que um dia me proferis-te, do beijo com que um dia me deixas-te, não me esqueço de um único segundo que passámos, não me esqueço de cada conversa que tivemos e acho que também não me vou conseguir esquecer tão facilmente, vai ficar guardado na minha mente, nos meus pensamentos, tal como espero que tudo isto que tivemos fique guardado na tua mente, nos teus pensamentos, espero também que não te esqueças de quem sou e do que fui para ti, espero que guardes isto para ti, para nós, como um segredo só nosso, como um dia me disses-te, e ao ouvir cada música? Cada música que costumava ouvir quando tu estavas por perto, quando eras ''meu'' tenho muitas, mas mesmo muitas saudades disso, só agora que não te tenho é que começo a sentir que na verdade o tempo passou, sem eu dar por ele, porque cada segundo que passava era nosso, eu era feliz contigo por perto..Era mesmo, agora sempre que passo por ti, fico a pensar '' será que a culpa disto tudo ter acabado foi minha? Será?'' Acho que nunca tive essa resposta..São essas perguntas que penetram nos meus pensamentos todos os dias, a cada segundo que passa.. Já reparas-te que já passámos por tanto juntos? Sim, eu sei que tivemos as nossas discussões, mas quantas foram? Uma? Duas? Porque acho que não foram mais que isto.. E ambos sabemos disso, antes, adorava mesmo cada vez que te via a olhar para mim e ficava a pensar '' tive mesmo sorte, em conseguir afirmar que ele é mais que um simples amigo..''E podia, e eu fico feliz por saber que um dia consegui afirmar que tu eras meu, sinceramente acho que a primeira vez que te vi foi à um ano, mas nunca pensei que te fosses tornar algo para mim, e obrigada por isso.
Amo-te cada vez mais, como se o amanhã não existisse..

segunda-feira, 21 de março de 2011

Parece que hoje (pela primeira vez) consegui novamente dar um (novo) rumo à minha vida, hoje consegui começar a esquecer-te, e esta vontade de te escrever não passa simplesmente disso,a partir de hoje, não vou voltar a falar mais de ti, pensar em ti, e sabes aquela janelinha no facebook da conversa? Pois bem, hoje consegui fechar a tua página, e vou levar isso como uma página nova na minha vida, e tu? E tu agora não passas de um capítulo, capítulo esse que já não faz parte da minha vida, hoje, no meu blog, vou (tentar) parar de te escrever cartas de amor, tal como na minha mente tu não passas de história, fartei-me de chorar de noite (quando ninguém estava por perto), fartei-me destes ciúmes horríveis, fartei-me de esperar por ti, fartei-me! Isto hoje acabou tudo, e desta vez foi para sempre... E agora que penso de outro modo.. Tu podes ter sido aquele que mais amei, sim isso foste e eu não tenho dúvidas disso, mas agora que vejo as coisas de outra maneira, o que tivemos nem foi nada de mais, foram coisas normais, e nada de mais, enquanto gostei de ti, as coisas eram mesmo muito diferentes, mas agora, parece que acordei, e desta foi de vez! Portanto, agora acho que as coisas que vou passar a escrever no meu blog, vão deixar de ser sobre ti, sim uma vez ou outra eu vou escrever-te, mas muito raramente, pois estou fartinha de escrever para quem não merece! e hoje? E hoje eu vou dizer que desta vez as coisas acabaram tu mudas-te eu mudei, as coisas são assim.. Olha, lutei por ti, o que podia fazer mais, agora resta-me deixar-te partir e desejar-te sorte.

sábado, 19 de março de 2011

"Aprendi a ouvir os outros corações a bater a um ritmo diferente do meu, que cada alma tem o seu modo e o seu tempo, e que amar é saber respeitar o tempo e o modo de cada um." MRP


Tu és sem dúvida aquele que eu quero, e podes ter a certeza que não quero mais ninguém sem ser a ti, mesmo sem já não estares por perto eu sinto a tua falta, eu quero-te tanto mas mesmo tanto, como te amo a ti (acho que) nunca, mas mesmo nunca amei mais ninguém, és tu, és tu aquele que eu amo realmente, por todos os defeitos que tenhas, acho que foi em ti (por mais defeitos que tenhas chapados na cara) que eu me perdi, que eu explorei até encontrar nem que seja uma única qualidade, por foi por ti, foi por ti que eu ouvi tudo o que me disseram e eu me manti de pé, foste tu, foi essa tua maneira de ser, foi a força que me deste, é por ti que agora estou em frente ao meu computador (em vez de estar a fazer outra coisa) a escrever, porque eu quero-te voltar a escrever, quero que voltes a ser meu mais uma vez, quero voltar, a sorrir de novo por ti, quero que repitas tudo, mas mesmo tudo, porque pois contigo, eu não mudava um único segundo daquilo que passámos, porque eu te amo, como já mais tinha amado alguém assim, como te amo a ti, quando nos cruzámos pela primeira vez, eu nunca pensei que agora (hoje) eu me fosse apaixonar por ti, ter passado por metade das coisas que passámos, mas mesmo assim quem é que acha? Pois ao contrário de todos os outros rapazes que ao logo da minha vida encontrei, eu pedi-te para guardares um segredo e tu me disses-te ''fica um segredo só nosso'', e na verdade, até agora o segredo permanece só entre nós, isso foi uma das coisas que ao longo de todos este tempo encontrei de mais fascinantes em ti, mas não foi só, cada vez que dizem o teu nome fico arrepiada, não sei porque mas fico calada, por cada vez que falam em ti e eu finjo não saber quem és, mas na verdade, sei melhor que metade desses ( dessas) todos(as), que falam de ti, porque eu ao contrário deles(as) tentei conhecer, saber quem realmente és, e na verdade, apaixonei-me por essa pessoa que à um ano atrás não passava de ''um rapaz bonito'', eu quero-te como a um melhor amigo, eu penso em ti todos os dias como à muito tempo não pensava em nenhum outro rapaz, porque és tu, e não outro qualquer, sei que isto já não está a fazer lá muito sentido, mas na minha cabeça, as palavras e frases que estou a escrever atropelam-se umas às outras.. Sabes, ainda me lembro da data em que te conheci, e da data em que os nosso lábios se tocaram, recordo esse dia como se fosse hoje, e vou recordar para sempre no meu coração, prometo.. Tal como espero que tu também não te esqueças, cada vez que te vejo à aproximar fico super nervosa, não sei o que dizer, o que fazer, por vezes, fico atrapalhada, vermelha, tal coisa nunca me aconteceu por nenhum outro rapaz..

Sei não o devia dizer, mas eu amo-te cada vez mais.

sexta-feira, 18 de março de 2011


Sabes que mais? Começo a habituar-me a este novo rumo (sem ti), um rumo em que tu um dia me deixas-te partir sózinha .
Mas agora? Mas agora começo a gostar deste novo caminho, dobro das festas, dobro da diversão, e ao facto de não depender de ti para nada. Eu continuo a gostar de ti, mas acho que tive de me habituar à ideia de que já não te tenho, que o que tivemos não se vai voltar a repetir. Tivemos o nosso tempo,tempo esse que já ninguém nos tira, e que vai ficar guardado no meu coração.. Tal como espero que também fique no teu, como as palavras que um dia me proferis-te..
E eu? E eu continuo a gostar de ti, a amar-te como sempre o fiz mas, pronto, tivemos o nosso tempo, enfim (...)
Se um dia também te quiseres vir divertir comigo estás à vontade, porque da minha parte continuamos a ser o que sempre fomos, amigos, por isso se um dia o quiseres vir fazer comigo eu não te vou dizer que não.


P.s: Boa sorte com esse novo caminho, caminho esse que tu um dia decidis-te fazer sem mim..

quarta-feira, 16 de março de 2011

Eu não te queria escrever mas..


Sabes com quantas pessoas já cortei relações só por tua causa? Sabes quantas amizades já perdi à tua custa? Sabes só por acaso o que me andas a fazer? Sabes a quantidade de pessoas que já me disseram para simplesmente te esquecer e seguir em frente?  Sabes que já chorei e sofri por ti como nunca tinha chorado por ninguém?  E sabes o que ainda é mais frunstrante? É saber que ainda gosto de ti!
Até porque devia fazer como tu, mas olha meu querido eu não consigo fazer como tu, ninguém é perfeito e tal como me disseram eu também não sou ninguém, sou um alguém, um alguém que já sofreu de mais por ti até, eu sei que prometi que não te voltava a escrever, mas eu não consigo, não consigo olhar para o teclado e esquecer que te amo e que és a única pessoa a quem eu realmente quero escrever, pois ao contrário de ti que ultimamente nem me escreveres tens feito, eu gosto de variar, tu nem imaginas a quantidade de coisas que já perdi à tua custa, e o pior é que sei que nem vou receber nada em troca da tua parte, sem ser aquilo que só nós os dois sabemos, isso sim, mas quem é que te disse que é só isso que eu quero? Eu não fui de certeza.. Pois estou farta de todos os dias depender de ti, do se tu queres óptimo, se não queres, olha.. fica para amanhã, sabes o quanto estou cansada de lutar, de lutar por ti? É que estou mesmo, mas agora? Mas agora tu não te preocupas minimamente com isso. Tu agora, preocupas-te contigo e só contigo, com aquilo que queres, e nem sequer pensas naquilo que eu quero, sabes disso? A minha cabeça está às voltas, já não sei no que pensar, no que te dizer, no que fazer, apenas sei que na minha garganta tenho um nó, uma vontade enorme de te dizer tudo aquilo em que penso, de te dizer que estou farta, mas que ao mesmo tempo sinto a tua falta, que te quero, e que tenho saudades tuas, saudades de ter no meu telemóvel uma mensagem tua, a dizer o que sempre me desses-te, de me dizeres que me queres ver, de me chamares princesa, eu quero! Eu quero-te, eu amo-te como até então nunca amei nenhum outro rapaz! Eu sinto a tua falta, por favor vai para o teu telemóvel e manda-me uma mensagem, só mais uma, deixa-me sonhar só mais uma noite.. Só mais uma vez.. Eu preciso de ti, diz-me que tudo aquilo que um dia me contaram  não é verdade, só mais uma vez..

domingo, 13 de março de 2011

Será ? Parte 5. (a última carta)

Que engraçado! Parece que hoje foste ao meu facebook, não é? e que para mais viste o meu estado cívil como numa relação, e o que é que foste fazer? Ah pois, foste a correr para o telemóvel não é? E o que eu recebi? Olha uma mensagem tua a dar-me os parabéns! Eu não preciso dos teus parabéns para nada, pois estou a lixar-me para ti, percebes? Já não quero nada contigo e hoje? Hoje tu morres-te para mim, já não fazes parte da minha lista de amigos, nem de nada! Tu hoje, tu hoje não és ninguém, e eu agora percebi isto, percebi que tu não vales mesmo, mesmo a pena, fiquei farta de ti, peço desculpa por estar a falar assim contigo! Mas a raiva que tenho dentro de mim é tanta que me apetece descarregar em ti, estou a lixar-me para o que pensas, e quando ficas a olhar para mim? Não te é nada pois não, é só mesmo naquela de ''olha a Sarinha bora lá dar esperanças'' e depois quem se lixa? Depois quem se lixa sou eu! Não é ? Mas tu até sabes disso, estou farta, porra, estou prestes a partir o teclado do meu computador a escrever isto! Estou farta! Lembras-te de quando te contei de um ex namorado que tinha tido que foi parvo comigo e tu me disses-te que merecia melhor? Pois olha que tu não és melhor nem estás perto disso! Tu não eras assim, mas agora até é dificíl olhar para o teu rosto.. Um rosto que por meia hora foi meu, e que depois me deixou, que me alimentou a esperança..  Que me desiludiu.. Quem és tu afinal!?

Porra e por acaso sabes o que ainda é pior no meio disto tudo? É que quando acabar de escrever isto a minha caneta vai ficar sem tinta pois a que tinha já era pouca, gastei uma caneta a escrever-te todas estas cartas de amor! Que agora são simplesmente lixo!

E eu? E eu agora não quero saber mais de ti, tu agora não passas de só mais um, mais um dos quantos rapazes por quem me tenho que cruzar no meu dia a dia, mas não vou voltar a ficar a olhar para ti, como fazia antigamente, Caguei em ti!

P.s: Hoje vou parar de te escrever cartas de amor.

Mais um selo referido pela Débora, obrigada!

1- Sim, talvez um livro da Margarida Rebelo Pinto, provavelmente..
2- Sem dúvida que seria o ''Beijo do Elfos''
3-O mesmo referido em cima, ou um livro qualquer da Margarida Rebelo Pinto.. Não conheço todos os meus seguidores..
4-Quem quiser que o faça..

quarta-feira, 9 de março de 2011

A crise toca a todos.

Sinto muito por nestes últimos tempos, que as minhas postagens tenham sido só para o desafio das fotografias, mas a falta de inspiração é muita..
   
            Peço desculpa mas  a crise toca a todos..

domingo, 6 de março de 2011

Será ? Parte 4.

Hoje acordei e no meu relógio eram 7 da manhã, peguei no meu caderno velho e na minha caneta, e comecei a escrever, pois estando a dormir só conseguia sonhar contigo, ou pensar em ti.. Acho que isso já não é assim lá muito bom, pois últimamente já tenho tido cada vez mais a certeza que tu não tens o mesmo sentimento por mim, odeio dizer isto mas é verdade, por um lado, também já gostei mais de ti.. Mas agora acho que já nem te conheço.. tu já não és quem eu estava à espera.. Já não és aquele por quem eu me apaixonei, aquele a quem escrevi cartas de amor desde o amanhecer ao anoitecer.. Não és aquele que sempre me apoiou.. Não me digas que o és pois eu sei que não.. Sei mesmo, tenho pena do que está a acontecer conosco pois quando te comecei a escrever era tudo tão perfeito.. Não havia senãos, era perfeito.. (Não sei se a teu ver as coisas não eram assim, eu não te quero culpar de nada, porque sei que a culpa é de ambas as partes..)
P.s: Quando vires isto fico à espera de uma mensagem tua a explicar o porque, o porque deste nós ter acabado,da base que tu eras para mim, o porque de isto tudo ter acabado.. Se a culpa é realmente minha.. Eu gostava mesmo de saber, pois assim não dá, nem para mim, nem para ti, nem para este nós que já existiu..
P.s: Contínuo a gostar de ti, e a afirmar que te amo como sempre..

sábado, 5 de março de 2011

BELA MERDA.


Estou completamente farta de tudo! E agora ainda tenho mais razões para isso, pois descobri que a pessoa a quem chamei 2melhor amiga, não passa de uma bela  m****, eu bem que lhe avisei antes de ter feito o que fez.. Mas mais uma vez ela como sempre estragou tudo, agora percebi que só devo confiar em mim mesma, e que é sózinha que eu estou bem, pois ter amigos como ela é f***** e que 2 anos não passaram de uma bela m****  pois agora depois de eu te ter avisado tens fama e não é das boas, não me pessas mais para voltar a confiar em ti porque não o vou fazer, já o fiz vezes de mais agora olha, azar ! Não te vou desejar mal porque não tenho esse direito, mas olha, nunca mais volto a confiar em ti. Acabaram as mentiras os sorrisos falsos, tudo !
Portanto, bye bye 2 melhor amiga o tanas, olá dobro das festas, e o dobro da diversão uff !

sexta-feira, 4 de março de 2011

Será ? Parte3.


Sim, eu ainda tenho saudades tuas, sim eu ainda te quero, não, ainda mão me esqueci, não ainda não te perdoei, apenas tinha que seguir em frente..Não podia ficar presa ao que me contavam e ser indiferente ao que me dizias.. Eu gosto de ti.. E não tenho culpa disso às vezes devia mas não a tenho, gosto de mais de ti para arriscar a perder-te.. Não te consigo perceber.. Ultimamente.. não és tu.. Não és tu o rapaz fantástico que conheci à uns bons meses, porque se o fores então eu chego à brilhante conclusão que não te conheço.. E que quase 5 meses, que passaram.. Passarma em vão, eu não estou chateada contigo se bem que devia, mas não o estou.. Simplesmente.. Acho que últimamente não te conheço.. Não és tu.. Com muita pena minha mas não te conheço.. Um dia gostava de vir a conhecer realmente essa pessoa que tu és.. E não a que aparentas e dizes ser.. Eu apaixonei-me por uma pessoa que realmente não conheço.. Quem é essa a pessoa? A pessoa por quem me apaixonei e que sempre que estava em baixo me apoiou.. Que nunca me deixou ficar mal, e que por muitas das vezes em que as lágrimas me caíam dos olhos, nunca as deixou correr e que as trocava por sorrisos, quem é? esse rapaz perfeito que eu conheci? quem ? Gostava muito de saber.. Mas mesmo muito..
Quando vires este post, espero que me digas.. que voltes a ser quem eras realmente, quem eu conheci, também te quero pedir para que quando vires este post, sintas a minha vós a contar isto muito suavemente como uma história.. História da qual eu espero respostas...

Dizem que finjo ou minto
Tudo que escrevo. Não.
Eu simplesmente sinto
Com a imaginação.
Não uso o coração.

Tudo o que sonho ou passo,
O que me falha ou finda,
É como que um terraço
Sobre outra coisa ainda.
Essa coisa é que é linda.

Por isso escrevo em meio 
Do que não está de pé,
Livre do meu enleio,
Sério do que não é.
Sentir? Sinta quem lê! 

                  Fernando Pessoa

quinta-feira, 3 de março de 2011

Será ? Parte2.

Hoje voltas-te a mandar aquela mensagem porque tanto esperei já à muito tempo que a esperava.. Parece que até escolhes-te um dia em que estava mal..
E por essa e por outras razões.. que a tua maneira de ser é algo extremamente curioso.. Por vezes, estás bem, e por vezes estás mal.. (dias sim e dias não, não é?) todos temos..  Todos os dias quando tenho aquela vontade intenssa de postar, és tu.. és tu que me leva a postar, acho que poucas vezes consegui afirmar que estava apaixonada, mas o que é certo é que o posso afirmar, posso afirmar que estou apaixonada por ti, posso afirmar que te quero, que te quero sentir, que te quero beijar, que sinto vontade de te tocar e de dar uma volta ao mundo à tua procura, de sentir o teu perfume.. De poder afirmar que por alguns segundos, minutos, horas tu és apenas meu..  E de mais ninguém.. Eu penso em ti ao acordar ao deitar e quando te vejo os meus olhos penetram no teu olhar.. Acho que consigo afirmar com toda a certeza que te amo, que te quero.. Hoje mais uma vez fiquei a olhar para ti.. E por mais estranho que pareça tu também o estavas a fazer.. Por uma das poucas vezes senti que mesmo lá no fundo ainda tinha esperança.. Logo de seguida tive teste.. Nos primeiros minutos.. a única palavra que conseguia escrever era o teu nome.. Não me consegui concentrar.. mesmo estando num teste.. Desculpa se nestes ultimos dias te escrevo cartas de amor, mas vou continuar a escrever.. até deixar de ter vontade de sentir a necessidade de te escrever, pois ai é um sinal que te esqueci.. já vou na segunda parte desta mensagem.. prometo que vou continuar pois quando parar, olha.. Acabou.. Acho que isso tão cedo não vai acontecer.. Mas.. Olha.. Veremos.. Agora descobri uma nova banda pela qual estou viciada.. Mas.. Sempre que o som entra nos meus ouvidos suavemente.. o teu nome também entra.. Bem e acho que por hoje a minha missão está cumprida.. Amanha vamos ver qual será o novo sinal que esse teu olhar fascinante me vai mandar..
P.s: I love you!

quarta-feira, 2 de março de 2011

Será ?


Sei que já estou farta de te escrever cartas de amor.. mas.. escrever-te é uma das coisas que mais prazer me dá.. É que ainda não precebi o simples facto de nos termos conhecido.. foi totalmente diferente.. Nunca pensei ,sempre que te via o meu coração ficava a mil.. ficava sem jeito, sem maneira de ser.. Não conseguia ser simplesmente a ''Sara'', ficava calada até que passasses mesmo sem ninguém do meu grupo ou da minha turma reparar.. Nunca pensei que um ano depois pudesse afirmar que agora estou na boa contigo, isso é uma das coisas que me deixa mais feliz. Cada vez que penso em ti na nossa história.. sim porque agora posso afirmar que temos uma história, com todo o prazer.. Fico arrepiada, começo a termer.. nem sei bem explicar.. Gosto de ti simplesmente porque gosto, e não porque tem de ser, antes eras só o rapaz mais velho e bonitinho, ao qual eu nem sabia o nome, agora tu tens um nome e eu também o tenho para ti agora tu és alguém, um alguém que amo.. Tenho medo.. Por vezes, quando passas por mim volto a ficar sem jeito.. Mas agora tu também sabes tudo.. E eu já não tenho medo de nada, nem de ninguém.. Porque sei que sempre que estiver a teu lado eu estou bem.. Promete-me que nunca me vais deixar.. Porque não sei o que vai ser de mim um dia sem ti.. Tu és tipo uma base para mim..
Tive de me habituar ao facto de algumas das minhas colegas sempre que passas ficarem a dizer que és lindo.. Mas sinceramente.. Estou a cagar-me para o que os outros dizem! A única coisa que me importa és tu.. Tu és a única coisa que me interessa, tudo o resto não passa simplesmente de converssa da treta!
Se bem que por vezes não te consigo perceber.. Mas quem é que um dia vai perceber o que se passa na cabeça de um rapaz? Ninguém pois isso é a mais pura das verdades.. Mas olha, não existem rapazes perfeitos e tu próprio não és perfeito.. Mas quem sou eu para criticar? Também não o sou..
Desculpa, mil desculpas pelo facto de te estar sempre a escrever mas olha é assim olha só a tua sorte!
Esta hoje foi a única inspiração que consegui ter.. O teu nome é a minha inspiração as tuas palavras são o meu sorriso e os teus beijos são o que me faz todos os dias acordar e poder afirmar que tu és real e não um sonho..
Tenho medo de todos os dias em que acordo.. tenho medo de que não passes de um sonho de uma ilusão, de um pensamento.. Gosto de mais de ti para um dia acordar.. E saber que tu não vais lá estar a meu lado..
Suspiro sempre que penso em ti, canto sempre que recebo uma mensagem tua, derreto mais facilmente que manteiga quando olhas com aquele olhar para mim, danço quando me chamas de princesa ou até mesmo de bébé.. Quando me defendes, quando falamos parece que nem 2 anos de diferença nos separam percebes? Lembras-te quando me disses-te que eras especial? Tenho o mesmo sentimento por ti, talvez mais até, gosto tanto de ti que até mesmo no fim-de-semana quero voltar à escola só para te ver .. Eu fico.. sei lá.. Eu amo-te, cada vez mais! 
Será possível? ou tudo isto não passou de um sonho ?
 "O amor não se procura, encontra-se.Não se ensina,aprende-se"-margarida Pinto Rebelo.